Wincode, S.A. » Evento WHumanos Lisboa 17

Evento WHumanos Lisboa 17



Renovar-se ou morrer lentamente parece ser uma lei da vida nas organizações modernas. A empresa que não procura a inovação em todos os aspetos será vitima das mudanças no meio envolvente e dos embates da concorrência assim com o desprezo dos mercados que procura servir.
A inovação não significa apenas a criação de novos serviços para acrescentar ao catálogo da empresa. Significa também, mudar sistemas, politicas, atitudes, processos, estratégias, estruturas, objetivos e até a missão das empresas, para os adequar aos novos tempos e aos desafios que se avizinham.

Adotar novos processos tecnológicos já não é um luxo prescindível. A inovação deve ser permanente, é preciso diferençar os nossos serviços, a aquisição de vantagem tecnológica, é uma das mais competitivas que as empresas podem ter. Os seus clientes exigem serviços “Premium”, certo? Tenha software “TOP”.

Os sistemas informáticos, a internet, a digitalização e as tecnologias informáticas foram os maiores avanços da nossa era. No entanto continuam a existir empresas que resistem a utiliza-las ou que teimam na utilização de soluções obsoletas, o tempo tratará delas e elas seguirão o caminho dos dinossauros.

Tentar competir atualmente na prestação de serviços e simultaneamente negar-se a adotar novas tecnologias, teimar em acreditar que o que funcionava ontem, funciona hoje, funcionará amanhã é não ter uma visão de futuro. Prever evolução dos mercados no futuro e ter a certeza para onde se quer ir e efetuar as inovações e mudanças para lá chegar, é o caminho.
A principal razão por que as empresas permanecem estáticas, num mundo sempre em mudança, é essencialmente a insegurança, o receio e o custo da mudança e ainda a confiança.

Mais informação e inscrições.